Evento: A crescente violência política de gênero e racial contra vereadoras no Brasil

Diante dos últimos casos de violência contra a mulher na política, o Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU) se uniu ao mandato da vereadora Reginete Bispo (PT-RS) para a realização do evento online “A crescente violência política de gênero e racial contra vereadoras no Brasil”, na próxima sexta-feira (18), às 19h.

Um caso emblemático aconteceu durante o protesto de 29 de maio pelo Fora Bolsonaro. Em Recife (PE), o ato seguia pacífico até o início da forte repressão da Polícia Militar contra os manifestantes. Entre as vítimas do ataque, estava a vereadora Liana Cirne (PT), que foi atingida por spray de pimenta enquanto tentava conter a violência dos agentes.

Também no último mês, os ataques de ódio ganharam força contra a vereadora transexual Lins Robalo (PT-RS) na própria casa legislativa da cidade de São Borja (RS). Por ser a única parlamentar que se opõe à prefeitura e defende pautas relacionadas à diversidade, direito das mulheres, população negra e LGBT, no dia 24 de maio, Lins recebeu ataques por outros parlamentares da Casa e até chegou a ser perseguida pelo presidente da Câmara de Vereadores, que exonerou a chefe de gabinete da vereadora.

Já no início do ano, a vereadora Carolina Iara (PSOL), mulher intersexo, negra e travesti, foi alvo de um atentado a tiros contra a sua própria casa, em São Paulo. Ela é uma das covereadoras eleitas no mandato da Bancada Feminista. Após os ataques, a parlamentar precisou ser acompanhada por seguranças para manter sua integridade física.

São diversos os casos de violência contra mulheres democraticamente eleitas. Não podemos permitir que cada vez mais parlamentares sejam vítimas e tenham suas vidas sob ameaça. Pensando nisso, nos unimos à vereadora Reginete Bispo (PT-RS) para a realização deste evento online.

A transmissão será realizada pela página do Facebook da parlamentar: https://www.facebook.com/RegineteSouzaBispo.

Não perca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *