Aula aberta – Os licenciamentos ambiental e urbanístico em xeque

Aula aberta - Os licenciamentos ambiental e urbanístico em xeque
No próximo dia 21, às 18h, será realizada a aula aberta “Os licenciamentos ambiental e urbanístico em xeque”, promovida pelo Curso de Pós-graduação da Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul em Direito Ambiental e Urbanístico.
 
As palestrantes serão:
Mariana Chiesa: Advogada, mestra e doutora em Direito do Estado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), vice-presidente da Comissão de Direito Urbanístico da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB/SP) e associada do IBDU;
Annelise Steigleder: Mestre em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e doutora em Planejamento Urbano e Regional Propur pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).
 
A diretora geral do IBDU, Betânia Alfonsin, compõe a coordenação do curso, ao lado do professor Daniel Martini.
 
Clique aqui e faça a sua inscrição.

Edital aberto para a Revista Brasileira de Direito Urbanístico

Edital aberto para a Revista Brasileira de Direito Urbanístico

O Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU) e a Editora Fórum anunciam a abertura do edital para submissão de trabalhos para a 2ª edição da Revista Brasileira de Direito Urbanístico (REUB).

Os textos deverão ser inéditos e para publicação exclusiva, escritos por até 3 autores/as, preferencialmente por estudantes de pós-graduação stricto sensu, com a participação de ao menos um/a autor/a com título de doutor/a. Os trabalhos poderão conter análises jurídicas ou de outras áreas relacionadas ao Direito Urbanístico.

O prazo para a submissão dos trabalho vai até o dia 20 de julho de 2021.

Confira todas as instruções pelo edital clicando aqui.

IBDU lança selo comemorativo aos 20 anos do Estatuto da Cidade

IBDU lança selo comemorativo aos 20 anos do Estatuto da Cidade

Em 10 de julho de 2001, o governo federal sancionava a Lei nº 10.257, que criou o Estatuto da Cidade. A política estabelece normas que regulamentam o uso da propriedade no espaço urbano em prol do bem coletivo.

São vinte anos que o IBDU acompanha o processo de construção da Política, desde o I Congresso de Direito Urbanístico realizado em Belo Horizonte (MG) em 2000, que debateu sobre a necessidade de regulamentação dos artigos 182 e 183 da Constituição Federal.

Em 2021, ano em que a pandemia nos impede de realizar o XI Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico, já estamos esquentando os tamborins para um amplo debate nacional e já iniciarmos o processo de avaliação dessa caminhada na ótima companhia da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, com um Ciclo de Reflexões sobre os 20 anos do Estatuto da Cidade.

VIVA O ESTATUTO DA CIDADE! ORGULHO DE SER IBDU!

Quer usar o nosso selo em sua foto de perfil do Facebook? Basta acessar o site.

Nota sobre a revisão do Plano Diretor do Rio de Janeiro

Nota sobre a revisão do Plano Diretor do Rio de Janeiro

Em nota, o Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU) questiona a falta de participação popular na revisão do Plano Diretor do Rio de Janeiro no contexto de pandemia.

A participação popular na produção das cidades é prevista como diretriz geral no Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01), em seu artigo 2º.

A prefeitura municipal do Rio afirma que precisa realizar a revisão do Plano sob pena do prefeito incorrer em improbidade administrativa. No entanto, conforme aponta a nota do IBDU, é a ausência da participação popular que pode gerar esse resultado.

O órgão público argumenta, ainda, a possibilidade da participação popular na revisão do Plano Diretor de maneira online, em razão da pandemia. No entanto, a falta de  abrangência de equipamentos tecnológicos de qualidade questiona essa possibilidade.

Clique aqui e leia a nota na íntegra para entender o posicionamento do IBDU.

Anuidade: contribua com nosso trabalho!

Anuidade: contribua com nosso trabalho!

Caro associado e cara associada,

O Brasil segue enfrentando uma crise sanitária e socioeconômica, e o IBDU continua cumprindo um papel essencial para a sociedade civil, atuando em defesa do direito à cidade e da ordem jurídico-urbanística. É de suma importância a atuação junto ao Conselho Nacional de Justiça e Tribunais de Justiça pela suspensão de execução de mandados de reintegração de posse e qualquer outra forma de remoção ou despejo. Soma-se a isso as articulações regionais, a elaboração de notas técnicas e a produção de pesquisa.

Todo este trabalho tem um peso institucional e só é possível com a contribuição do Conselho Diretivo e dos associados/associadas que se voluntariam em cada projeto, além da equipe contratada que garante o funcionamento do IBDU. Assim, mais do que apenas uma obrigação, o pagamento da anuidade é uma oportunidade e uma forma de cada associado e associada contribuir com o trabalho do instituto. Por isso, também estamos propondo que aqueles e aquelas que quiserem se engajar mais à atuação do IBDU possam fazer doações voluntárias conjuntamente ao pagamento de anuidade.

Por isso, o IBDU vem implementar a resolução aprovada na Assembleia Geral de Palmas (em outubro de 2019) de cobrança de anuidade aos associados e às associadas. Há quatro categorias com valores diferenciados: (i) estudantes de graduação; (ii) estudantes de pós-graduação; (iii) formados na graduação há até 5 anos; (iv) professores, profissionais, pesquisadores e outros.

Ademais, Conselho Diretivo está trabalhando para ampliar e implementar vantagens aos/às associados/as que contribuam com a anuidade, como garantia de vaga em todas as atividades realizadas pelo Instituto; recebimento de materiais e publicações impressas; desconto em todos os eventos pagos promovidos pelo IBDU; envolvimento nas atividades realizadas como elaboração de notas técnicas e pareceres; entre outros.

Para aprimorar o procedimento e possibilitar o pagamento via cartão de crédito com divisão em parcelas, a cobrança será efetuada através da plataforma do PagSeguro. Se utilizar cartão de crédito de terceiro, por favor nos envie o comprovante por email, informando o nome do associado.

Se você é estudante de graduação, clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Se você é estudante de pós-graduação, clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Se você é formado na graduação há até 5 anos, clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Se você é professor, profissional, pesquisador ou qualquer outra categoria, clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Para pagar a anuidade e fazer uma contribuição voluntária ao IBDU

Valor total R$ 400,00 (anuidade de R$300,00 + doação de R$100,00), clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Valor total R$ 500,00 (anuidade de R$300,00 + doação de R$200,00), clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Valor total R$ 600,00 (anuidade de R$300,00 + doação de R$300,00), clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Valor total R$ 700,00 (anuidade de R$300,00 + doação de R$400,00), clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Valor total R$ 800,00 (anuidade de R$300,00 + doação de R$500,00), clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Valor total R$ 900,00 (anuidade de R$300,00 + doação de R$600,00), clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Valor total R$ 1000,00 (anuidade de R$300,00 + doação de R$700,00), clique no botão abaixo para pagar:

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Para pagamentos acima de R$ 1.000,00 (anuidade de R$300,00 + doação acima de R$700,00) entre em contato pelo email: secretaria_executiva@ibdu.org.br

Agradecemos a contribuição, ela é de extrema importância para a manutenção e sustentabilidade da nossa entidade!

As Zonas Especiais de Interesse Social são temas de próximo evento

As Zonas Especiais de Interesse Social são temas de próximo evento

No dia 17 de junho, às 17h, será realizado o evento “Zonas Especiais de Interesse Social: proteção e promoção do direito à moradia da população de baixa renda”, que compõe o Ciclo de Reflexões sobre os Vinte Anos do Estatuto da Cidade.

Os convidados do evento serão:

– Adriana Lima: Conselheira de Estudos e Pesquisa do IBDU e professora na Universidade Estadual de Feira de Santana (Bahia);

– Ligia Melo: Coordenadora da Regional Nordeste do IBDU e professora da Universidade Federal do Ceará;

– Sarah Marques: Educadora popular, moradora da ZEIS Caranguejo Tabaiares e cofundadora do Coletivo Caranguejo Tabaiares Resiste.

A mediação será de Vanessa Chalegre, defensora pública e coordenadora auxiliar do Núcleo Especializado de Habitação e Urbanismo da Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Não é necessária inscrição prévia. A transmissão será feita pelo canal de Youtube do IBDU e da Defensoria Pública de SP.

O Ciclo de Reflexões sobre os Vinte Anos do Estatuto da Cidade é promovido pelo Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), Defensoria Pública de São Paulo, Escola da Defensoria Pública do Estado e pelo Núcleo Especializado de Habitação e Urbanismo.