Data de divulgação do aceite X CBDU

O X Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico será realizado em Palmas, no Tocantins, entre os dias 22 e 24 de outubro de 2019. Nossa comissão científica está prestes a concluir sua avaliação. Devido à prorrogação no prazo para a submissão dos artigos e ao volume de trabalhos recebidos também estendemos a data limite para que a comissão avaliadora pudesse examinar os trabalhos com atenção. Agora anunciamos a data oficial para a divulgação do aceite: 17 de agosto de 2019.

 

Os trabalhos puderam ser submetidos a 7 grupos temáticos com pluralidade de temas explorando questões sobre racismo, machismo e LGBTfobia, de questões de políticas urbanas e ambientais, além de tratar de regularização fundiária, efetivação do direito à moradia, entre outros assuntos relacionados ao campo do direito urbanístico.

O Congresso

O Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico é realizado a cada dois anos e é promovido pelo IBDU com objetivo de reunir juristas, operadores de direito, urbanistas, pesquisadores, estudantes e demais profissionais que atuam com o tema do urbanismo em todo o Brasil. Concebido no ano de 2000, já foram realizados nove congressos, sediados sempre em diferentes regiões do país.

Seguindo esta tradição, o próximo Congresso será realizado em Palmas/TO, sob o tema “A política urbana em xeque”, cujo propósito é discutir as interfaces do direito urbanístico e quais as diversas mudanças que estão ocorrendo em relação à política urbana no último período. Em breve divulgaremos a programação completa.

Última Semana Submissões X CBDU

 

O Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico é realizado a cada dois anos e é promovido pelo IBDU com objetivo de reunir juristas, operadores de direito, urbanistas, pesquisadores, estudantes e demais profissionais que atuam com o tema do urbanismo em todo o Brasil. Concebido no ano de 2000, já foram realizados nove congressos, sediados sempre em diferentes regiões do país.

Seguindo esta tradição, o próximo Congresso será realizado nos dias 22 a 24 de outubro,em Palmas/TO,  sob o tema “A política urbana em xeque”, cujo propósito é discutir as interfaces do direito urbanístico e quais as diversas mudanças que estão ocorrendo em relação à política urbana no último período.

Nossa diretora geral do IBDU, Betânia Alfonsin, em nome do Instituto, convida todas e todos a comparecerem ao X CBDU no vídeo acima.

Para saber mais consulte nosso edital neste link.

Outras informações estão disponíveis no site do evento.

X CBDU: Prorrogação do prazo para submissão de trabalhos!

Devido ao tamanho interesse pela décima edição do Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico, anunciamos que o prazo para a submissão de trabalhos científicos foi prorrogado para o dia oito de julho (08/07).

Mais informações sobre o X CBDU e suas atividades podem ser encontradas na página do evento, neste link.

O Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico é realizado a cada dois anos e é promovido pelo IBDU com objetivo de reunir juristas, operadores de direito, urbanistas, pesquisadores, estudantes e demais profissionais que atuam com o tema do urbanismo em todo o Brasil. Concebido no ano de 2000, já foram realizados nove congressos, sediados sempre em diferentes regiões do país.
Seguindo esta tradição, o próximo Congresso será realizado em Palmas/TO, sob o tema “A política urbana em xeque”, cujo propósito é discutir as interfaces do direito urbanístico e quais as diversas mudanças que estão ocorrendo em relação à política urbana no último período.

Consulte nosso edital neste link.
Conheça nossos Grupos de Trabalho aqui

Grupo de Trabalho 05

O GT 05 do X Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico, a ser realizado em Palmas, Tocantins,  tem como tema  “CONFLITOS FUNDIÁRIOS URBANOS: ATORES, PRÁTICAS, E SOLUÇÕES ALTERNATIVAS”.

O intuito deste grupo é que sejam debatidos trabalhos acadêmicos que abordem os meios legais e institucionais de resolução dos conflitos fundiários urbanos.

Os assuntos trazidos por este GT têm uma grande importância, uma vez que as cidades brasileiras vivenciam conflitos fundiários urbanos e há diversos atores que pautam essa questão seja no âmbito político, acadêmico ou jurídico.
Ademais, o intuito é também abordar outros assuntos pertinentes como a possibilidade de soluções alternativas no tratamento de conflitos coletivos, a Política Nacional de Prevenção e Mediação de Conflitos Fundiários Urbanos, a atuação do Poder Judiciário e questões processuais em ações possessórias contra coletividades.

Alguns tópicos a serem abordados no grupo, de acordo com o  edital:

  • Os meios legais e institucionais de resolução dos conflitos fundiários urbanos;
  • A efetividade dos mecanismos de solução dos conflitos fundiários urbanos;
  • Possibilidade de soluções alternativas no tratamento de conflitos coletivos;
  • Política Nacional de Prevenção e Mediação de Conflitos Fundiários Urbanos;
  • Judicialização dos conflitos fundiários e a atuação do Poder Judiciário;
  • Questões processuais em ações possessórias contra coletividades.