Informe do MTSTC sobre o COVID-19 já está em nossa biblioteca

A nota do Movimento dos Sem-Teto do Centro sobre a suspensão de seus eventos e atividades em suas ocupações já está disponível na biblioteca do IBDU.

Nesta nota, o Movimento cobra uma resposta do governo sobre medidas que contemplem a seguridade social de parcelas vulneráveis da população como entregadores de comida, motoristas de taxi e uber, lixeiros, trabalhadores e trabalhadoras autônomas, ambulantes, vendedores, dos desempregados, e, principalmente, dos sem teto.

CONFIRA NA ÍNTEGRA

Biblioteca do IBDU reúne notas relacionadas ao COVID-19

Com o avanço da pandemia de Corona vírus, foi decretado um estado de emergência e a quarentena na maior parte do território brasileiro. Isto trouxe muitas implicações no sentido social, pois uma boa parte da população não teria condições de aderir ao isolamento social devido às suas condições precárias de moradia, como por exemplo os moradores de favelas e periferias, locais com grande densidade social e aglomeração nas moradias.

Outras pessoas não poderiam aderir a essa medida por questões econômicas, como os trabalhadores autônomos, os empreendedores, os informais, catadores, entre outros.

O IBDU, como uma associação civil que visa debater o direito à cidade e à moradia, bem como as políticas urbanas, tem acompanhado e participado de políticas em prol de permitir que toda a população tenha condições de aderir à quarentena de maneira integral.

Assim tem assinado notas em prol da suspensão de despejos e reintegração de posse de alguns territórios, da renda básica para quem precisa, entre muitos outros. Fora isso, tem apoiado medidas de outros órgãos que ajam neste sentido.

Desta forma, o Instituto vem informar que todas as notas que assinamos, ou de apoiadores, estarão disponíveis em nossa biblioteca e que traremos atualizações todos os dias sobre as que vêm sendo lançadas.

Acesse nossa biblioteca clicando aqui.

Devido a epidemia de Corona Vírus, IBDU, IAB E FNA, assinam nota em apelo pela suspensão do cumprimento de mandados de reintegração de posse e despejos

Devido a disseminação do Corona Vírus ter sido considerada uma Pandemia pela OMS (Organização Mundial da Saúde), o IBDU, a IAB e a FNA lançaram uma nota nesta segunda-feira fazendo um apelo para que seja suspenso o cumprimento de mandatos de reintegração de posse e despejos.

O apelo leva em consideração a urgência em diminuir a velocidade de propagação do vírus, para que o sistema de saúde seja capaz de atender os já infectados. Também foi considerado que as condições específicas de desigualdade social e espacial demandam estratégias de controle que levem em conta suas especificidades, como a característica de as moradias mais pobres possuírem grande adensamento e coabitação, fator que dificulta o isolamento das faixas de risco.

Além disso, a remoção dessas famílias impossibilitaria o isolamento de populações vulneráveis, sendo assim a melhor medida é a suspensão imediata do cumprimento destes mandatos visando evitar o agravamento da situação.

CONFIRA AQUI A NOTA

Mulheres e a cidade

O IBDU, preocupado com as vivências das mulheres nas cidades brasileiras, apresenta dois depoimentos neste 8 de março. Nossa vice-diretora Fernanda Costa e nossa conselheira fiscal de São Paulo Jéssica Tavares falam sobre assuntos pertinentes à temática.

Fernanda comentou sobre as barreiras existentes para uma relação mais saudável entre as mulheres e o espaço urbano em que  vivem. Já Jéssica, falou um pouco mais sobre a formação de cidades feministas e as maneiras de atingir isto.

Confira os vídeos a baixo: